Share |

Audição parlamentar sobre a plantação ilegal de abacates (I)

Audição parlamentar a várias entidades - CCDR/Algarve, APA, ICNF, SEPNA da GNR, IGAMAOT e DRAP/Algarve - a requerimento do Bloco de Esquerda e do PAN, sobre a plantação ilegal de abacates no concelho de Lagos.

É extraordinário e vergonhoso como entidades governamentais não conseguiram parar o avanço da plantação intensiva e ilegal de abacates por parte da Frutineves que tudo fez à margem da lei, sem avaliação de impacte ambiental. São quase 300 hectares na mesma zona: 2 plantações de abacates e um campo de golfe, daqui resultando nefastas consequências para a paisagem, a biodiversidade, para a saúde e muito gravoso para os recursos hídricos, quando se sabe que o Algarve terá graves problemas por falta de água.

Então o governo quer construir centrais de dessalinização no Algarve devido à escassez de água e são permitidas estas plantações intensivas que só na zona do concelho de Lagos irão consumir 3,5 milhões de litros de água por dia? O Algarve a caminho do desastre hídrico quando no momento presente se encontra em situação de catástrofe social e económica.

[A 2ª parte pode ser vista aqui]